Há um ano, estava preso e agora foi uma das estrelas da Semana da Moda de Nova Iorque. Jeremy Meeks, o criminoso de olhos azuis que ficou famoso depois da divulgação pública da fotografia de rosto que a polícia lhe tirou após a detenção, desfilou para o criador de moda alemão Philipp Plein, envergando um look preto total (na imagem superior). A cantora Madonna e a modelo Kylie Jenner assistiram ao desfile, lado a lado, na primeira fila.

Agenciado pela White Cross Management, Jeremy Meeks começou a trabalhar com modelo três meses depois de sair da prisão, em março do ano passado. O contrato foi assinado quando ainda estava encarcerado, condenado a uma pena de 27 meses de prisão por posse ilegal de arma e por suspeitas de envolvimento em assaltos e tiroteios. «Obrigado ao Philipp Plein por acreditar em mim. Ontém à noite foi épico», escreveu no Instagram.

Texto: Luis Batista Gonçalves com Philipp Plein e Elsa Pereira (fotografia)

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.