A história do Art.Z é desde logo contracorrente. Num ano considerado mau para o sector devido às limitações da pandemia, foi o ano que viu nascer este projeto. O arranque deu-se em julho de 2020 e a partir do nome desenvolveu-se o conceito: uma experiência de beleza completa, de A a Z, num espaço que se quer único e com profissionais de excelência.

Depois de uma primeira loja na Avenida Luís Bivar, na zona do Saldanha, o salão expandiu, em setembro, para a Rua Dona Filipa de Vilhena, mais precisamente no número 19, perto do Campo Pequeno.

Além do hairstyle (corte feminino, masculino e infantil), escovagem, ondulação, tratamentos, coloração ou manicure há também um spa (com massagem completa, reflexologia, anti-stress, dia da noiva, massagem modeladora, onde se inclui o famoso método Renata França), uma área dedicada à maquilhagem e uma barbearia (corte de cabelo, barba, hidratação e relaxamento). Todos os serviços querem ser o mais personalizado possível, a pensar nas necessidades e gostos de cada um.

“A ideia que concebemos aqui é ter cabelos que exijam pouca manutenção e não deem muito trabalho. O nosso perfil de clientes não é aquele que vai todas as semanas ao cabeleireiro. O que fazemos é garantir que de facto o cabelo seja saudável, fácil de retocar em casa e que a mulher se sinta linda”, explica Luís Zamban, Diretor Criativo do Art.Z.

Mas, o que o diferencia é o facto de ser mais do que um espaço de beleza. É também um local de networking e de ligações. Isso vê-se no entusiasmo com que Renata Schiavo, uma das sócias do salão, que trocou o Brasil por Portugal há cinco anos, fala do conceito e nos explica que existem dias especiais, como as relax mondays, em que há massagens de 20 minutos para todos os clientes, ou os dias em que há bolos. Além de ser possível tomar uma bebida ou café.

Iniciativas não faltam e são mantidas com alguma discrição, para que os clientes possam ser surpreendidos numa visita ao espaço. Afinal, “o nosso lema é surpreender”, assegura, acrescentando que “a experiência tem início no check-in e só termina quando vemos no rosto dos nossos clientes a autoconfiança espelhada”.

Art.Z Hair & Experience. Em Lisboa, há um novo salão de beleza onde a experiência é tudo
créditos: Divulgação

A decoração arrojada acompanha o espírito de mudança que o Art.Z quer imprimir neste tipo de espaços na capital. A decoração é "inovadora, criativa, enérgica e autoconfiante”, explica Thay Botelho, arquiteta e designer de interiores e sócia da Nest Arquitetura e Design, responsável pela decoração do salão. Destacam-se a zona de receção que funciona também como bar, a parede em backlight com verdes, que nos remete para um passeio no jardim e a casa de banho, que é uma extenção da decoração do restante espaço, com muito verde. “A menina dos nossos olhos”, como explica Renata. Sentimos uma verdadeira boa vibe, naquele local, com toda uma experiência sensorial incorporada. A verdade é que todo o espaço é bastante instagramavel, um adjetivo dos tempos modernos, ou não vivessemos na era das redes sociais.

A inovação e criatividade também faz parte da “carta de serviços” que se resumem a dois termos: tendências e comportamento. E em termos de comportamento de clientes, parece haver algo comum a uma parte das mulheres portuguesas. Como nos confidencia Ton Viéira, criativo do Art Z, “as mulheres deixam crescer o cabelo e quando chega o tempo frio cortam pelo ombros”, algo que não deve ser feito, uma vez que para manter um cabelo saudável é necessário haver um acompanhamento mais próximo.

Art.Z Hair & Experience. Em Lisboa, há um novo salão de beleza onde a experiência é tudo
Estas são as tendências da próxima estação. créditos: Divulgação

Pensando em tendências, as deste outono assentam “na individualidade, personalização e cabelos de baixa manutenção: menos é mais. Também o inverno pede pouca manutenção, raÍzes mais escuras e pontas mais claras, ou seja, a ‘californiana’ que marcou os anos 2000”. A estação outono/inverno vai primar pelos cortes de movimento, camadas e texturas. As franjas, são sempre bem vindas”, afirma Luís. E pensando em cores “a aposta vai sem dúvida para o âmbar, caramelos, amarelados e o castanho frio”, que já não se via há algum tempo.

Os preços de haistyle começam nos 25€, para um brushing feminino. O corte de cabelo tem um custo de 50€, feminino, e 35€, masculino.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.