A celulite resulta de uma inflamação dos tecidos conjuntivos que acaba por gerar edema, uma espécie de pele dura, por vezes dolorosa, que apresenta depressões a nível superficial.

Leonor Girão, dermatologista, ensina a usar anticelulíticos e indica os tratamentos mais eficazes para a prevenir e combater. «A celulite deverá ser tratada sempre que se torna sintomática,
inclusive com medicamentos que melhoram a circulação sanguínea
e linfática», diz.

«Nos casos estéticos, sem queixas, existem várias técnicas
que podem ajudar e ser orientados pelo dermatologista», começa por explicar a especialista, habituada a lidar regularmente com o problema.

Tratamentos anticelulíticos

Existem várias máquinas que ajudam
na correção da celulite, nomeadamente
de endermologia (massagem mecânica),
radiofrequência, ultrassons e laser. Estas «atuam por ativação da circulação,
ajudando a drenar líquido intersticial
acumulado, por densificação do
colagénio da derme. Quebram os
septos fibrosos da gordura e alguns
favorecem ou promovem a eliminação
da gordura», explica a dermatologista.

Os resultados são variáveis de pessoa
para pessoa e muito dependentes da
correção de fatores associados ao estilo
de vida, mas há sempre uma melhoria.
Já «os preços das sessões dependem
do número de áreas corporais a tratar
(extensão) e poderão variar entre 100
a 300 € por sessão. Em geral, baixam se
for adjudicado um pacote de 10 sessões». Em média, deverão ser efetuados de duas
em duas semanas ou semanalmente,
dependendo do caso.

Anticeluliticos

O seu grau de eficácia depende também
da forma e da frequência com que os usa. «Na celulite há sempre um compromisso
da circulação sanguínea e linfática. Os cremes
com componentes que ativam e melhoram
a circulação (cafeína e esquina ou castanha
da índia, por exemplo) podem ser úteis
na correção da celulite», sublinha a especialista.

Este tipo de produtos deve ser aplicado todos os dias. «Uma altura ótima é ao fim do
dia, quando as pernas e coxas estão cansadas
e mais edemaciadas pela ação da gravidade.
Todos os cremes são melhor absorvidos se
aplicados após o banho, dado que a barreira
cutânea está mais permeável», refere ainda.

«Tão importante quanto o creme escolhido
é a forma de aplicação», sublinha Leonor Girão. «A massagem
é fundamental quer para a absorção
do produto quer para ativar a circulação
e favorecer a drenagem linfática e sanguínea.
O creme é aplicado nas áreas com celulite e
depois deve ser espalhado, massajado, sempre
na direção do corpo», recomenda.

«Deve fazê-lo sempre do pé para a coxa ou
da mão para o ombro. A massagem deve ser
feita por outra pessoa, até para que possa
estar mais relaxada durante o procedimento», sugere a médica.

Dicas a ter em conta

Recomendações amigas de uma pele naturalmente lisa:

- Aos cosméticos e
tratamentos adicione
a prática de exercício
quatro vezes por semana

- Se a celulite
provoca queixas (dor
à palpação e/ou edema,
por exemplo),
isso significa que
ultrapassa a mera
questão estética e
deve ser tratada mais
ativamente por isso procure um dermatologista

- As pernas devem
estar mais elevadas
do que
o tronco quando
aplicar
o anticelulítico

Texto: Nazaré Tocha com a colaboração da equipa da Clínica White, constituída por Catarina de Castro Lopes (psicóloga), Iara Rodrigues (nutricionista), Leonor Girão (dermatologista) e Pedro Baptista (personal trainer)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.