Provavelmente já ouviu falar neste nome. É um desses aparelhos que de tempos a tempos vêm revolucionar o mundo da estética.

Chama-se Soprano e é um laser de depilação democrático, para para o qual a cor do pêlo ou da pele não são importantes.

E, para para além disso, minimiza a sensação de dor ou desconforto provocada pelos lasers tradicionais! Já há algum tempo que se ouviam rumores acerca de um novo e revolucionário laser de depilação de longa duração que não requeria evitar o sol durante meses (fazendo malabarismos complicados com a agenda e com as férias para não dar cabo dos resultados ) e que era capaz de eliminar, sem dor, qualquer tipo de pêlo de forma eficaz.

Apesar do Soprano facilitar as coisas e de não ser preciso estudar o calendário para calcular possíveis pontes ou férias ao sol nem de cancelar viagens à praia por motivos estéticos, o momento ideal para iniciar um tratamento de depilação para chegar ao próximo Verão livre de pêlos situa-se nos primeiros meses do ano. O Inverno e a Primavera dar-lhe-ão tempo para umas quantas sessões antes das suas próximas férias, para que exiba uma pele impecável.

O que pode fazer por si?

  • É o laser mais eficaz em peles intensamente bronzeadas e fototipos V e VI
    (peles muito escuras ou de raça negra)
  • Provoca edema folicular em menor escala (sintoma habitual da depilação)
  • O pêlo grosso precisa de um menor número de sessões do que o pêlo fino. Este tolera mais sessões por causa da sua maior resistência ao calor


O soprano em 10 perguntas e respostas


1. Porque é que ultrapassa eficazmente
os seus antecessores?

A depilação com o laser Soprano é a mais recente inovação clínica e tecnológica a nível mundial. Criada e desenvolvida em Israel, um país pioneiro em questões estéticas, marca um antes e depois do laser convencional.

O Soprano garante uma depilação mais rápida graças a uma frequência de repetição de até 3 Hz (3 pulsos por segundo), contra a restante aparatologia laser que alcançava um máximo de 2 Hz. Esta velocidade, acrescida ao tamanho do cabeçal que actua sobre as zonas mais amplas e não exige intervir pêlo a pêlo, permite reduzir para quase metade a duração de uma sessão e tratar zonas extensas, como as costas, reduzindo ao máximo os incómodos da aplicação.


Veja na página seguinte: Como o Soprano funciona

2. Como é que o Soprano funciona?

O laser Soprano aquece o folículo piloso a uma temperatura suficiente para o destruir, mas sem que a energia térmica emitida seja tão alta que cause dor ou alterações na epiderme. A melanina da pele não é o seu alvo e actua aumentando progressivamente a temperatura da camada subdérmica, que chega a alcançar os 45º C.

Ao contrário dos seus antecessores, este laser emite pulsos aplicados através de pinceladas sobre as zonas a tratar e que aquecem a papila folicular para impedir a função reprodutora das células do talo piloso. O factor mais importante é que, em vez de actuar directamente sobre um cromóforo como a melanina, trabalha por aquecimento profundo e contínuo da pele.

3. É eficaz com qualquer tipo de pêlo e fototipo?

Até agora, o cenário cutâneo ideal para a depilação a laser era o de uma pele clara e um pêlo escuro e resistente. As pessoas com fototipos mais altos e pêlo mais claro e fino não tinham garantias, e se optavam por fazê-lo, apesar das advertências, tinham de submeter-se a inúmeras sessões.

O laser Soprano é o único capaz de eliminar pêlos em peles escuras e bronzeadas, sem risco de produzir manchas ou queimaduras, e de erradicar todos os tipos de pêlo, incluindo o mais fino e claro, à excepção do grisalho (é necessário o pêlo ser mais escuro que a pele).

4. É eficaz no rosto?

Assim como outros lasers (Díodo ou Alexandrite), o Soprano pode ser aplicado no rosto. É muito eficaz para tratar o lábio superior, a zona das sobrancelhas e, inclusive, a região do pescoço, para evitar as foliculites provocadas pelo barbear nos homens.

5. Pode-se apanhar sol antes e depois
do Soprano?

Como é indicado para fototipos escuros, este laser pode ser aplicado sobre a pele bronzeada sem riscos de queimaduras. Mas é sempre conveniente ter acompanhamento por parte de um profissional qualificado e tomar as medidas de protecção correctas antes de se expor ao sol.

De acordo com Mariana Alves, médica com experiência em Medicina Estética, na Corporación Dermoestética, «deve ter-se o especial cuidado de não realizar o tratamento enquanto a melanina estiver activa: até quatro dias antes e quatro dias depois da exposição solar».

6. Não dói nada, nada mesmo?

Uma das grandes vantagens do Soprano é que se trata de um sistema praticamente indolor. Os disparos desapareceram e esta proeza foi conseguida graças a um novo sistema com duas fontes de frio que protegem a pele, dispensando a aplicação prévia de anestesia.


Veja na página seguinte: O que acontece à zona a depilar

O laser Soprano produz um efeito de aquecimento térmico progressivo sobre a zona a depilar. Não se efectua um disparo de alta fluência sobre um ponto, como acontecia com outros métodos.

Estes vão sendo aquecidos progressivamente.

Desta forma, os nossos receptores nervosos de calor e de dor vão respondendo de maneira progressiva e não instantaneamente como acontece com os métodos tradicionais.

Por outro lado, o díodo de onda contínua do Soprano permite emitir energias sem deixar espaços vazios, designados delays em gíria médica. Esta técnica de tratamento em movimento contínuo sobre a epiderme é totalmente revolucionária.

7. Quanto tempo decorre de sessão para
sessão e quantas sessões são necessárias?

O número de sessões, como com qualquer outro tratamento laser, depende das circunstâncias de cada paciente, mas graças às novas características do Soprano, estima-se que estas possam ser reduzidas para metade. Relativamente ao espaço entre sessões, este vai sendo aumentado paulatinamente.

Entre a primeira e a segunda deixa-se decorrer um prazo que pode ir de um mês e meio a dois meses (até começar a nascer um pêlo novo) e a partir daqui, vão sendo cada vez mais distanciadas. Como ponto de referência, pode dizer-se que umas pernas completas precisam de 4 a 6 sessões para se livrarem completamente do pêlo.

Para as virilhas e as axilas, bastam entre 3 a 5 sessões. O melhor? Os resultados têm a mesma duração que os restantes lasers existentes no mercado.

8. Tem efeitos secundários?

Como se reduz o número de sessões e os incómodos da aplicação, muitos efeitos secundários próprios de outros lasers de depilação desaparecem. O antigo risco de produzir queimaduras em peles pigmentadas ou bronzeadas desaparece, bem como o eritema ou a ruborização passageira característicos de outros métodos.

O risco de hiper ou hipopigmentação também é minimizado, assim como as alterações na textura da pele ou o possível aparecimento de crostas e inflamação.

9. Terá sucesso? O que é que se sabe acerca dos seus resultados a curto e médio prazo?

O novo laser Soprano veio melhorar uma solução, já de si eficaz, que era eleita por muita gente. Para além disso, abre as portas àquelas pessoas que, pelo seu tipo de pêlo ou cor de pele, tinham de abster-se da depilação dita permanente. Agora vão poder beneficiar dela, pelo que o sucesso deste equipamento será garantido.


Veja na página seguinte: O que dizem os testes clínicos efectuados

Quanto aos resultados, já se realizaram estudos clínicos em pacientes, tanto homens como mulheres, entre os 18 e os 37 anos, com diferentes fototipos e características de pêlo, se for claro, grosso, fino, escuro, etc...

O laser Soprano foi aplicado em todos eles em diferentes zonas do corpo. Depois do tratamento, todos os pacientes confirmaram não terem sentido dor nem registado efeitos adversos.

10. É mais caro do que os lasers de depilação
convencionais?

O preços são fornecidos durante a consulta e são os mesmos praticados numa depilação a laser tradicional ou a Luz Pulsada Intensa (IPL)

  • Pernas - Desde 190 euros por sessão
  • Axilas - Cerca de 120 euros por sessão
  • Virilhas - Cerca de 120 euros por sessão
  • Lábio superior e sobrancelhas - Desde 120 euros por sessão

Se estivermos a falar de preços finais, podemos dizer que um tratamento completo de axilas rondaria os 600 euros, o de virilhas, cerca de 600 euros e meia perna 1.000 euros. Depilar outras zonas como o terço superior das costas tem um preço final de cerca de 900 euros e a área peribucal cerca de 400 euros.

Contactos úteis

Corporación Dermoestética. Para saber qual a clínica mais próxima de si ligue para o número 707 25 25 25
ou vá a www.corporaciondermoestetica.com.

Texto: Madalena Alçada Baptista

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.