Já experimentou de tudo, desde o exercício às dietas passando pelas massagens, mas continua com tanto volume nas ancas que mais parece ter umas cartucheiras iguais às do Clint Eastwood! Assentavam-lhe tão bem a ele e ficam-lhe tão mal a si... Se todas as calças de ganga lhe resistem, talvez seja a altura certa para eliminar essa gordura persistente. O volume nas ancas femininas está relacionado, sobretudo, com fatores hormonais e hereditários.

No entanto, a má alimentação e a vida sedentária também têm influência, já que ambas favorecem a acumulação de gorduras. Para além disso, trata-se de uma zona corporal que resiste especialmente às dietas de emagrecimento. As ancas volumosas são causadas por uma acumulação excessiva de gordura numas células chamadas adipócitos. Nas ancas, há uma maior concentração de adipócitos do que no resto do corpo.

As origens do problema

Muitos especialistas pensam que na origem desta situação há uma herança ancestral. Resultado da evolução da mulher que, antigamente, acumulava gordura nessa zona para preservar a capacidade de gestação mesmo em situações de fome. Outros especialistas, todavia, rejeitam esta explicação, alimentando debates inconclusivos.

Em determinadas ocasiões, esta gordura, também chamada de lipodistrofia localizada, pode coincidir com a presença de celulite ou de pele tipo casca de laranja. A celulite é uma alteração estrutural do tecido celular subcutâneo resultante de um processo inflamatório. Mas nem sempre as ancas volumosas estão indissociavelmente ligadas à celulite.

Quanto custa

Uma lipoaspiração tem, em média, uma duração de uma a duas horas, dependendo da zona a tratar. De acordo com Joaquim Seixas Martins, cirurgião plástico, o preço «é independente da quantidade de gordura aspirada. Por exemplo, uma zona, como os culotes custa cerca de 1.200 euros (com tudo incluído). E duas zonas, como a coxa interna e os joelhos, os culotes e as ancas ou o abdómen acima e abaixo do umbigo, cerca de 2.000 euros».

Quem pode fazer

Se deseja reduzir o volume das ancas, mas os depósitos de gordura teimam em resistir à dieta e ao exercício, consulte um endocrinologista para avaliar se a lipoaspiração é indicada para o seu caso. De acordo com os especialistas em cirurgia plástica, a lipoaspiração garante bons resultados mas não um corpo perfeito. As candidatas ideais devem ter acumulação de gordura localizada e uma pele firme e elástica.

Caso contrário, uma pele flácida não se consegue adaptar ao novo contorno corporal e pode precisar de uma nova intervenção para eliminar a pele sobrante. Por outro lado, a lipoaspiração não elimina a celulite, ainda que possa melhorar o seu aspeto. Quanto ao volume, esse, pode ficar descansada será erradicado. «A lipoaspiração é definitiva», garante Joaquim Seixas Martins.

O ser humano só produz células gordas (adipócitos) até a puberdade, pelo que após a eliminação do tecido gorduroso através da lipoaspiração, num paciente adulto, não haverá regeneração do mesmo. De qualquer forma, isso não significa que não possa voltar a engordar. Se retomar velhos maus hábitos (sedentarismo, má alimentação e por aí fora), as células de gordura remanescentes engordam e ocupam o espaço da gordura retirada.

Veja na página seguinte: Os incómodos do pós-operatório

Depois da operação

É normal sentir alguns incómodos e dor durante a primeira semana. Deve usar sempre uma faixa compressiva depois da intervenção, pelo menos, durante dois ou três meses. Nos primeiros dias, a faixa contribui para reduzir as hemorragias e a inflamação. Depois, favorece a retracção da pele da zona onde foi eliminada gordura, para se ir moldando ao corpo. O tipo de faixa depende da zona da intervenção.

O tempo de recuperação depende do volume de gordura extraída e das áreas tratadas. Em linhas gerais, o resultado final nota-se aos quatro ou seis meses depois da intervenção, mas pode ser apreciado a partir da sexta semana.

Texto: Madalena Alçada Baptista com Joaquim Seixas Martins (cirurgião plástico)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.