São um dos trunfos de beleza mas também uma enorme fonte de preocupações para muitas mulheres, sobretudo para as mais vaidosas. Exibir umas hastes capilares irrepreensíveis exige esforço e dedicação.

Diga-nos como é o seu cabelo e, com os truques de Helena Vaz Pereira, cabeleireira vencedora dos Fashion Awards Portugal 2011, aprenda a dominá-lo. Mãos à obra!

Cabelos lisos

Só as japonesas conseguem ter um cabelo liso
perfeito, mas é possível controlar os jeitos que este ganha. «Quanto mais a direito for o corte mais
liso e disciplinado será. Este deve ser atualizado
a cada mês e meio, caso seja curto, e a cada dois
meses e meio, se for médio ou longo», recomenda Helena Vaz Pereira.

No que se refere a cuidados, «é fundamental manter o cabelo
hidratado. Se for oleoso na raiz e seco no meio e
pontas use um champô específico para cabelo
oleoso, mas alterne-o com um champô neutro
para não secar demasiado a haste capilar», sublinha. «Para conseguir um liso impecável
seque o cabelo com secador e, de seguida, use
uma prancha de alisar», refere ainda.

Cabelos ondulados e encaracolados

Apesar de ter um aspeto mais volumoso,
normalmente este cabelo é mais frágil
que o liso. «Para dar movimento aos cabelos
encaracolados opte por cortes esculturais com
desníveis. Já os cabelos ondulados com volume
não devem ser muito escadeados. Em ambos
os casos opto por cortar em seco para perceber
melhor qual o resultado final», confessa.

No que se refere aos cuidados diários exigidos, hidratar é a palavra de ordem. «A hidratação é fundamental.
se não quer esperar pelo tempo de pose da
máscara, aplique uma pequena quantidade
à noite com o cabelo seco, no meio e pontas,
e retire-a de manhã», aconselha Helena Vaz Pereira.

Já em relação ao styling e ao penteado, «aconselho uma espuma ou creme finalizante para disciplinar e ajudar a dar forma
ao cabelo. para dar um ar mais elegante a
um cabelo ondulado pode fazer um chignon
(apanhado atrás), deixando alguns caracóis
soltos à frente, definidos com a placa térmica», explica Helena Vaz Pereira.

Cabelos pintados

Fazer a coloração num cabeleireiro de
confiança é a regra de ouro dos cabelos
pintados. «Para escolher o tom certo deve ter
em conta o seu tom de pele e a cor dos olhos
e saber muito bem aquilo que pretende. Uma
coloração para tapar os cabelos brancos, uma
oxidação mais suave ou apenas brilho.
Ao contrário do primeiro caso, os dois últimos
não exigem manutenção», sublinha a especialista.

Em relação aos tratamentos, é peremptória. «É fundamental ter o
cabelo hidratado antes da coloração e fazer
a manutenção em casa para conservar os
reflexos durante mais tempo. Use um champô
específico para cabelos pintados e aplique uma
máscara uma vez por semana», aconselha Helena Vaz Pereira. A manutenção deste tipo de cabelo também exige cuidados essenciais.

«A utilização de um champô
com cor é especialmente importante nos
cabelos loiros que perdem o brilho mais
facilmente. As colorações vegetais (à venda em
cabeleireiros) para aplicar em casa a seguir ao
champô são especialmente indicadas nos tons
quentes, pois são os que mais rapidamente
perdem os reflexos ruivos ou acobreados.
Também conferem um reflexo ao cabelo não
pintado que pode ficar muito interessante
quando se pretende maquilhar os brancos», refere a especialista.

Veja na página seguinte: Cabelos finos e sem volume

Cabelos finos e sem volume

É comum as pessoas pensarem que se o cabelo
é fino e não tem volume devem escadeá-lo.
Não podiam estar mais enganadas.

«Ao escadear o cabelo, estamos a
retirar-lhe estrutura, as pontas ficam ainda mais
finas e aparentamos ter ainda menos cabelo.
o que um cabelo fino sem volume precisa é
de ter a base do corte a direito. Depois pode
fazer-se um escadeado, mas só por dentro. São
as chamadas secret layers, um ligeiro dégradé
interior para dar volume», explica a cabeleireira.

«Deve usar produtos específicos
e evitar fórmulas que contenham silicone pois
este ingrediente pesa no cabelo, retirando-lhe
volume», refere ainda. Em relação ao styling, «aplique um produto de volume
específico para as raízes, seque o cabelo de
cabeça para baixo com o secador no quente e
finalize com ar frio para prolongar o efeito», aconselha ainda.

Texto: Vanda Oliveira com Helena Vaz Pereira (cabeleireira)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.