Nove em cada dez jovens não pensam no HIV/Sida quando tomam decisões relacionadas com a sua vida sexual, conclui um levantamento divulgado pela BBC.

Os resultados da pesquisa, realizada junto de 1500 indivíduos, são divulgados no âmbito de uma campanha lançada pela iniciativa contra a Sida, Terrence Higgins Trust (THT), destinada a jovens britânicos.

O levantamento apura também que se mantêm alguns mitos preocupantes relacionados com a forma de contágio da doença, nomeadamente que esta se pode transmitir através das casas-de-banho públicas.

As estatísticas da Agência para a Protecção da Saúde no território mostram que as taxa de transmissão do HIV/Sida e doenças sexualmente transmissíveis (DST) aumentou junto dos jovens com menos de 24 anos, nos últimos dez anos, representando agora cerca de cinco por cento dos novos casos.

O estudo apurou que 89 por cento dos jovens raramente ou mesmo nunca pensam no HIV/Sida, quando tomam decisões relacionadas com a sua vida sexual. Cerca de 41 por cento considera inclusivé que não está em risco de contrair a doença.

Para Elizabeth McKay, da BBC Learning, «os níveis de ignorância estão no ponto mais alto junto do grupo mais propenso a apanhar uma infecção sexualmente transmissível. Esta é uma geração que não cresceu com as maiores campanhas realizadas sobre HIV, o que demonstra a falta de preocupação e conhecimento que possuem».

Para Genevieve Clark, da THT, «demasiados jovens estão a deixar a escola sem saberem como se devem proteger do HIV e outras DST».

Para promover o conhecimento e consciencialização dos jovens acerca destas matérias, a campanha “You Know You” pretende envolver jovens dos 13 aos 19 anos, que servirão para transmitir a mensagem aos seus pares.

SSD

 

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.