Susana Henriques Afonso, do Externato Marista de Lisboa, conquistou a medalha de bronze e Francisco Franco Pêgo, do Colégio Rainha Santa Isabel de Coimbra, recebeu um diploma de mérito.

“Os resultados desta competição, que mobilizou 268 alunos e 223 professores de 72 países, são o espelho da dedicação de alunos e professores portugueses que, nesta área como noutras, têm alcançado resultados nacionais e internacionais que honram o país. No caso das Olimpíadas Internacionais de Biologia, é o terceiro ano consecutivo em que os estudantes portugueses sobem ao pódio”, destacou o Ministério da Educação em comunicado.

A tutela adiantou ainda que Portugal será o país anfitrião da competição de Biologia em 2021.

“A participação portuguesa é organizada pela Ordem dos Biólogos, que conta com a colaboração de prestigiadas entidades académicas e de investigação nacionais na área, como o Centro de Biologia Ambiental da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, o Instituto Superior Técnico, o Biocant, a Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar do Instituto Politécnico de Leiria, o Zoomarine, o Jardim Zoológico de Lisboa e o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária”, explicou o Ministério da Educação.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.