Há coisas que não passam de moda e, apesar de se mudarem os tempos e as vontades, as juras de amor eterno que terminam em casamento são uma tradição que, por cá, continua a prevalecer: só em 2018, contaram-se 34.637 casamentos.

E casamento continua a ser sinónimo de festa, com custos e uma logística associados a este dia especial que quem pensa casar nos próximos tempos não pode esquecer.

Faça as contas

Depois de escolhida a data, começam as listagens de assuntos a tratar. Se são um casal ocupado, ou sem muita paciência para organização de eventos, uma boa opção será a contratação de um wedding planner que dependendo do projeto, poderá ir dos 500 aos 3000 euros.

É preciso, depois, escolher o espaço, decoração e catering. Aqui, os valores variam de acordo com tamanho pretendido e o número de convidados com valores a atingir os 200 euros por convidado.

No grande dia, o cabelo e maquilhagem da noiva são chave, rondando médias de 85 euros.

Para os momentos memoráveis, poderá contratar um fotógrafo, a uma média de 800 euros e disponibilizar aos convidados uma cabine de fotos divertidas, por cerca de 450 euros. Se quiser adicionar filmagem de casamento, conte com pelo menos mais 400 euros.

Já depois da refeição, vem o grande momento: a primeira dança. Se quiser dar um verdadeiro show ao estilo Dança com as Estrelas, saiba que há aulas de danças de vários estilos a uma média de 20 euros à hora. A festa continua, com DJ a cerca de 450 euros, ou com uma banda – do funk, à música latina, passando pelo jazz ou música clássica, opções não faltam. Tudo depende do seu gosto e, claro da carteira de quem paga, já que os preços podem oscilar entre os 400 e os 1500 euros.

Os dados são da plataforma Fixando.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.