"São já mais de 100 escolas encerradas", afirmou à agência Lusa o dirigente do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais (STFPS) do Centro Carlos Fontes, sublinhando que só no distrito de Coimbra foram contabilizadas "cerca de 45 escolas" fechadas devido à greve dos funcionários.

De acordo com Carlos Fontes, há uma "maior adesão" à greve no distrito de Coimbra, "embora ainda estejam dados a chegar ao sindicato".

"Houve muitas escolas que não encerraram às 08:00, mas poderão encerrar no decorrer da manhã por causa da falta de funcionários não docentes", explicou o dirigente sindical, que falava à agência Lusa à frente da Escola Secundária José Falcão, um dos estabelecimentos de ensino de Coimbra encerrado devido à greve.

Os funcionários das escolas fazem hoje greve para exigir, entre outros aspetos, a negociação da criação de uma carreira especial, mas também mais recursos humanos nas escolas, com os sindicatos a estimarem uma carência de, no mínimo, 2.000 auxiliares.

No distrito de Coimbra, estão encerradas, entre outros estabelecimentos, as escolas da Quinta das Flores e Conservatório, Eugénio de Castro e Rainha Santa Isabel, informou.

Na Guarda, há escolas encerradas em Seia, Pinhel, Vilar Formoso e Almeida, bem como na capital do distrito, como é o caso da Escola Secundária da Sé e a Afonso Albuquerque.

Segundo o dirigente sindical, no distrito de Aveiro, estão fechadas "todas as escolas" em São João da Madeira, registando-se também encerramentos na Mealhada, Anadia, Albergaria-a-Velha, Arouca e em Aveiro.

Em Leiria, estão encerradas a escola sede e primárias do Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos (Óbidos), a escola sede do Agrupamento de Escolas de Marrazes (Leiria), bem como a Escola Secundária Raul Proença (Caldas da Rainha) e a Rafael Bordalo Pinheiro (Caldas da Rainha), entre outras.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.