Tendo por base os princípios dos jogos tradicionais tangram chineses, este novo método permite aos professores e pais identificar facilmente as crianças com dificuldades precoces de processamento visual. Isto permitirá o fornecimento de apoio adequado e treino a crianças carentes, ao mesmo tempo em que aprimora os seus resultados de aprendizagem.

Os jogos também podem ser usados para testar as habilidades visuais-ortográficas das crianças, que se referem à sua capacidade de reconhecer a orientação correta de caracteres, letras e números num idioma específico.

Liderada pelo Dr. Simpson Wong, professor adjunto do Departamento de Estudos Educacionais da HKBU, a equipa de investigadores tomou como referência os tradicionais jogos tangram e desenvolveu cinco jogos no total.

O Dr. Wong revelou que em muitos países asiáticos um grande número de crianças têm de aprender duas línguas ao mesmo tempo. Se estas duas línguas - por exemplo, chinês e inglês - tiverem convenções ou ortografias de escrita distintas, as crianças necessitam de receber mais apoio a fim de alcançar melhores resultados de aprendizagem. Com isto em vista, a equipa decidiu desenvolver jogos para ajudar a treinar e avaliar as habilidades de alfabetização relacionadas com a aprendizagem visual das crianças mais pequenas.

Como parte do estudo, a equipa convidou 102 estudantes chineses do jardim de infância, com idades entre os 4 e 5 anos, para jogar os jogos. Os investigadores então estudaram o seu desempenho e exploraram a correlação entre os jogos de tangram e as habilidades visual-ortográficas e de identificação de palavras.

Após jogarem os 5 jogos desenvolvidos, a equipa comparou as pontuações das crianças participantes nos jogos tangram com o seu desempenho noutras avaliações. O estudo constatou que as pontuações das crianças nos jogos tangram foram, após análise estatística, relacionadas positivamente com o seu desempenho no Child Behavior Checklist, que indicou que os jogos tangram recentemente desenvolvidos são confiáveis.

O Dr. Wong revelou ainda que os jogos tangram são de baixo custo, têm possibilidades infinitas e partilham figuras geométricas similares com ortografias chinesas e inglesas. As crianças também podem aprender idiomas enquanto brincam, e estes jogos fornecem, por outro lado, uma forma de os pais e professores rastrearem facilmente as avaliações das crianças e ajustar o progresso da aprendizagem de acordo com o seu desempenho.

A pesquisa, intitulada "The Link Between a Set of Tangram-Based Tasks and Chinese and English Reading and Related Skills Among Chinese Kindergarteners”, será publicada no AERA Open, uma publicação online gerida pela American Education Research Association.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.