A decisão, tomada hoje em reunião camarária, antecedida de uma apresentação, pelo presidente da câmara à vereação das principais intervenções previstas no projeto.

O socialista José Maria Costa explicou que "a empreitada tem de ser rapidamente executada, sob pena de se esgotarem os prazos previstos para o início dos trabalhos".

Como são os almoços nas escolas no resto do mundo?
Como são os almoços nas escolas no resto do mundo?
Ver artigo

O autarca referiu que a obra, com prazo de execução de 15 meses, tem garantidos 800 mil euros do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), sendo que o restante será suportado pela Câmara Municipal".

Situada margem esquerda do rio Lima, a escola, com mais de 600 alunos, aguarda por uma intervenção de fundo desde 2011 para travar as infiltrações de água nas salas de aula, problema que se acentua a cada inverno.

As obras, classificadas como urgentes, chegaram a estar previstas para a fase IV da Parque Escolar, antes de 2011, mas acabaram por nunca sair do papel, com a suspensão daquele programa de requalificação dos edifícios escolares.

Em setembro de 2016, a Câmara de Viana do Castelo assinou um acordo de colaboração com o Ministério da Educação que garantiu o financiamento da empreitada.

Em novembro 2017, a câmara anulou o concurso público que havia lançado em junho desse ano, que fechou deserto de propostas e lançou novo procedimento, aumentando em 16% o valor da empreitada.

No primeiro concurso, a empreitada tinha um preço-base de cerca de 1,5 milhões de euros. No novo procedimento, o valor dos trabalhos passou para mais de 1,8 milhões de euros.

A obra, financiada pelos fundos do Norte 2020, "integra uma intervenção profunda em três espaços do equipamento escolar, nas áreas desportivas exteriores, nos arranjos exteriores, no pavilhão gimnodesportivo (será totalmente remodelado) e no pavilhão que alberga a cantina, o refeitório, a cozinha e o bar".

Os restantes pavilhões escolares "serão objeto de intervenção de substituição das coberturas, atualmente em fibrocimento, bem como a impermeabilização e melhoria térmica e energética de todos os edifícios".

O projeto dá ainda "grande atenção à mobilidade total do acesso aos equipamentos, bem como nas instalações sanitárias, que serão remodeladas e alteradas".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.