Segundo a fonte, poderá ter-se tratado de uma reação alérgica a algum produto utilizado na limpeza das condutas do ar condicionado, efetuada na quarta-feira.

“Os afetados já foram hoje para a escola com aqueles sintomas”, acrescentou a fonte.

Sublinhou que nenhum dos casos inspira cuidados.

A Lusa tentou ouvir o diretor da escola, António Pinto, mas ainda não foi possível.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.