Ultimamente é possível que se sinta um pouco cansada e isso é perfeitamente compreensível, dadas as alterações a que o seu corpo tem sido sujeito. Permita-se abrandar o ritmo e poupe energia para o dia do parto. Se passar muito tempo de pé, tente usar uma cinta de maternidade que apoia a barriga e ajuda a redistribuir uma parte do peso.

Na maioria das vezes, os seus sistemas cardiovascular e nervoso têm a capacidade de se adaptar às muitas alterações que ocorrem no seu corpo mas, ocasionalmente, isso não é possível, e pode pôr a sua cabeça à roda. As tonturas ou as vertigens podem ter uma série de causas, como levantar-se demasiado depressa, hipoglicemia, anemia grave e sobreaquecimento. Algumas mulheres desenvolvem a chamada "síndrome hipotensiva supina" durante a gravidez. Esta síndrome pode ocorrer quando se deita de costas, dando origem a uma alteração da frequência cardíaca e da tensão arterial, pelo que sente tonturas até mudar de posição.

Pode também detectar comichão em pequenos altos ou marcas vermelhas na barriga (podem mesmo surgir nas ancas e nas nádegas). Trata-se provavelmente de uma situação inofensiva a que chamamos pápulas pruríticas e pruriginosas urticariformes da gravidez mas, para ter a certeza, solicite o diagnóstico ao seu médico. Lembre-se também de o contactar se sentir comichões por todo o corpo, mesmo que não tenha a pele irritada, já que pode ser sinal de problema hepático.

EXPLICAÇÃO

Porque soluça o bebé?

Da mesma forma que não sabem realmente por que razão soluçam os adultos, os investigadores também não sabem do que pode provocar os soluços fetais. Os soluços - uma convulsão involuntária do diafragma - são perfeitamente normais no útero e não são motivo de preocupação. Podem até ser motivo de celebração. Dado que os soluços só ocorrem depois de o sistema nervoso estar completamente desenvolvido no segundo trimestre, deve encará-los como um sinal de que o bebé se está a desenvolver normalmente, explica o Dr. Mark Taslimi, professor de obstetrícia e ginecologia no Lucille Packard Children's Hospital, em Palo Alto, Califórnia. Mas não se preocupe se não sentir quaisquer soluços; algumas grávidas não os sentem de todo.

O QUE ELAS DIZEM

"O meu maior problema do momento é que o bebé está a assentar todo o seu peso no meu osso pélvico. Por vezes, a dor é insuportável. Mas a única coisa a fazer é esperar." — Susana

"Tenho dores nos pés devido ao peso suplementar que transporto. Embora a maioria dos exercícios físicos não faça parte da minha rotina, uma boa alimentação, ioga, meditação e alongamentos têm-me ajudado a sentir-me saudável." — Andreia

DICA DE CONFORTO

Evitar a cabeça a “andar à roda”

Para prevenir tonturas:

• Não salte da cadeira ou da cama. Erga-se lentamente da posição de sentada até estar em pé.

• Se permanecer em pé num local durante muito tempo, mexa as pernas para estimular a circulação.

• Evite locais quentes e com muita gente e use roupas às camadas, para poder ir tirando consoante o necessário.

• Tome duches ou banhos mornos – não quentes – e tente manter a casa-de-banho fresca, ligando um ventilador ou abrindo ligeiramente uma janela.

• É bom praticar algum exercício mas tenha cuidado para não exagerar se se sentir cansada.

• Mantenha-se bem hidratada, bebendo pelo menos oito copos de água por dia — ou mais, se fizer exercício ou se tiver calor.

• Tente evitar quebras no nível de açúcar no sangue, fazendo refeições leves e frequentes ao longo do dia, em vez de fazer três grandes refeições. Nunca deixe de fazer as refeições.

• Deite-se de lado à noite – qualquer um dos lados é melhor do que as costas, embora o lado esquerdo seja o melhor.

• Use meias de descanso para auxiliar a circulação na parte inferior do corpo.

• Tome um suplemento de ferro ou vitaminas pré-natais se o seu médico os receitar.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.