O volume sanguíneo (plasma e glóbulos vermelhos) é agora cerca de 40 a 50% superior ao que tinha antes de engravidar, indo assim ao encontro das suas necessidades e do bebé. (Esta quantidade adicional também ajuda a compensar o sangue que perderá durante o parto.) Agora aumenta quase meio quilo por semana e mais ou menos metade disso é directamente canalizado para o bebé. Com o útero a roçar o diafragma e o aumento da pressão no abdómen, poderá ter de enfrentar mais vezes a azia e sentir-se um pouco sem fôlego.

À medida que o bebé cresce, uma cada vez maior concentração de peso na barriga provoca uma alteração de postura e uma mudança do centro de gravidade. Além disso, os músculos abdominais vão esticando, as hormonas relaxam os ligamentos e o útero em expansão pode mesmo comprimir alguns nervos. Tudo isto pode contribuir para dores no fundo das costas e possivelmente para alguma dor ao nível das nádegas e das ancas. Informe o seu médico se sentir dores intensas ou dormência ou pontadas nas pernas.

EXPLICAÇÃO

Porque o bebé dá pontapés de noite?

Muitas grávidas dizem que os bebés parecem mais activos durante a noite, mas ninguém sabe porque acontece. A explicação tradicional é que a mulher irá reparar mais facilmente nos movimentos quando está quieta e sossegada. Mas pelo menos um estudo encontrou uma resposta diferente: investigadores no Canadá monitorizaram mulheres forçadas a fazer a gravidez em repouso e concluíram que os bebés eram mais activos à noite – mesmo que as mães passassem 24 horas por dia deitadas. Uma explicação possível é que os bebés gostam de se mexer e, quando a mãe está a dormir, o bebé sente-se incentivado pelo facto de se mexer sozinho, explica o Dr. Mark Taslimi, professor de obstetrícia e ginecologia no Lucille Packard Children's Hospital, em Palo Alto, na Califórnia.

O QUE ELAS DIZEM

"Estou mais empolgada a cada dia que passa. Mal posso esperar para conhecer o pequeno kickboxer que vive aqui dentro há tanto tempo." — Nádia

"Tenho muita dificuldade em dormir à noite porque me dói tudo. Já tentei tudo, e nada resultou." — Raquel

DICA DE CONFORTO

Falta de ar

Fica sem fôlego mais vezes do que o costume? Para lidar com isso:

• Abrande o ritmo. Seja realista sobre aquilo que consegue ou não consegue fazer e ouça o que o seu corpo tem para lhe dizer. Se uma actividade lhe parecer demasiado cansativa, então é porque é.

• Tenha cuidado com a postura. Os pulmões terão mais espaço para expandir se mantiver os ombros levantados, impedindo-os de descaírem.

• Concentre-se na respiração. Concentre-se em fazer inspirações profundas e cheias, conduzindo-as pela garganta e imaginando todo o percurso até ao bebé.

• Eleve o seu corpo. Irá perceber que conseguirá respirar mais profundamente à noite se elevar a cabeça e o peito com almofadas suplementares.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.