Agora já deve sentir os movimentos do bebé com maior intensidade. Preste atenção aos pontapés e cotoveladas e informe o seu médico se notar alguma redução da actividade. É possível que este lhe peça para registar a frequência de movimentos do bebé, para se certificar de que tudo está bem. Deverá sentir pelo menos dez movimentos em cada duas horas.

Alguns dos seus velhos amigos – a azia e a prisão de ventre – poderão voltar a fazer uma visita. A hormona da gravidez, a progesterona, relaxa os tecidos moles do intestino em todo o organismo, incluindo o tracto gastrointestinal. Este relaxamento, associado a uma barriga mais “recheada”, abranda a digestão, o que pode gerar gases, especialmente após uma refeição mais pesada. Outro problema causado pelo crescimento do útero (e pela prisão de ventre) são as hemorróidas. As hemorróidas – que não são mais do que vasos sanguíneos inchados na zona rectal – são muito frequentes durante a gravidez e desaparecem normalmente logo após o parto.

EXPLICAÇÃO

Porque tenho o cabelo mais grosso?

Não é imaginação sua – o seu cabelo está mais denso do que o habitual porque as hormonas da gravidez fazem com que o seu corpo perca menos cabelo do que o normal. Não está na verdade a nascer-lhe mais cabelo ou cabelo mais grosso, está simplesmente a perder menos. O crescimento do cabelo faz-se em três fases: crescimento, permanência e perda. Durante a gravidez, e durante alguns meses após o parto, o seu corpo passa apenas pelas fases de crescimento e permanência. Em seguida, alguns meses após o parto, entra em cena a fase da perda de cabelo e o cabelo que acumulou durante nove meses começa a cair, explica a Dra. Margaret Pfeifer, obstetra e ginecologista na Mayo Clinic, no Minnesota. Esta perda de cabelo pós-parto pode ser um pouco assustadora, mas é perfeitamente normal.

O QUE ELAS DIZEM

"É a coisa mais bonita que alguma vez me podia ter acontecido. A minha bebé mexe-se tanto, mas cada pontapé é precioso." — Joana

"O meu maior problema é ter sempre de ir à casa-de-banho. Acho que conheço todas as casas-de-banho da cidade de Nova Iorque." — Catarina

DICA DE CONFORTO

Alívio para as hemorróidas

Tente as seguintes ideias para aliviar o incómodo das hemorróidas:

• Mantenha uma função intestinal regular. Faça uma alimentação com muitas fibras, beba muita água (pelo menos oito copos de água por dia) e tente praticar exercício regularmente.

• Não “aguente”. Vá à casa-de-banho logo que tenha vontade, tente não se esforçar e não se demore muito.

• Faça os seus exercícios pré-parto, já que estimulam a circulação na zona rectal e reforçam os músculos em redor do ânus (reduzindo deste modo a probabilidade de aparecimento de hemorróidas).

• Tente evitar estar sentada ou de pé por longos períodos de tempo.

• Tome um banho morno. Fique “de molho” durante 10 a 20 minutos, várias vezes ao dia.

• Refresque-se: algumas mulheres encontram alívio em sacos de gelo ou compressas frias.

• Limpe cuidadosamente. Use papel higiénico macio, não aromatizado e branco ou toalhitas húmidas.

• Peça ao seu médico que lhe recomende um anestésico tópico seguro ou supositórios medicados.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.