Poderá começar a detectar estrias na pele, à medida que o abdómen alarga para criar espaço para o bebé em crescimento. Algumas mulheres grávidas nunca desenvolvem estrias, mas pelo menos metade tem de lidar com isso. Estas pequenas tiras de pele com uma textura diferente variam de cor-de-rosa a castanho escuro (depende da cor da pele) e vão-se tornando mais visíveis à medida que a gravidez avança. Podem aparecer na barriga, mas também nas nádegas, coxas, ancas e peito. Além disso, o seu umbigo já não está escondido – está agora provavelmente liso e poderá em breve começar a ficar saliente. Não se preocupe: após o nascimento, recuperará mais ou menos a sua forma normal.

Outra alteração interessante ao nível da pele que poderá notar na gravidez são as chamadas “aranhas” vasculares. Trata-se de pequenas áreas de pele saliente e avermelhada, com pequenas ramificações. Surgem normalmente na cara, pescoço, parte superior do tórax e braços, são provocadas pelos níveis mais elevados de estrogénio durante a gravidez e desaparecem normalmente após o parto.

EXPLICAÇÃO

O que causa as cãibras nas pernas?

Surpreendentemente, aquelas dolorosas cãibras nas pernas que a acordam a meio da noite agarrada à barriga das pernas são provocadas pelas costas. Para compensar o peso adicional que têm de suportar à frente, a curvatura da coluna muda durante a gravidez, de modo a empurrar para a frente a parte inferior das costas. Esta postura comprime frequentemente o nervo motor que percorre a coluna em direcção à perna – e essa compressão provoca as cãibras nas pernas, segundo o Dr. Mark Taslimi, professor de obstetrícia e ginecologia no Lucille Packard Children's Hospital em Palo Alto, na Califórnia. O ioga para grávida ou qualquer exercício suave de alongamento das costas e das ancas pode ajudar a aliviar a dor.

O QUE ELAS DIZEM

"Hoje decidi tomar algumas medidas para tornar a minha gravidez especial. Vou comprar algumas coisas para mim e para o bebé. Vou também almoçar fora, cortar o cabelo e fazer algum tratamento de beleza. A gravidez é um período tão especial e cada criança é especial à sua maneira. Penso que é importante celebrar isso." — Susana

"Esta minha filha faz mesmo questão de avisar quando tem fome e que tenho de ir comer qualquer coisa. Começa a dar pontapés e mais pontapés na minha barriga! Estou a ver que vai ser mandona." — Joana

DICA DE CONFORTO

Ajuda com as estrias

Apesar de tudo o que possa ter ouvido de mulheres que garantem a eficácia de óleos e loções, não há muito que possa fazer para evitar as estrias. A carga hereditária e a elasticidade da pele determinam normalmente quem tem e quem não tem estrias. O único factor que pode ajudar a evitá-las é um aumento de peso lento e constante. Um lento aumento de peso dá tempo à pele para se adaptar. Os cremes hidratantes e as pomadas podem aliviar o incómodo muitas vezes causado pelo estiramento da pele, mas não impedem o aparecimento de estrias nem minimizam as que já tiver. Uma nota positiva: após o nascimento do bebé, as estrias deverão atenuar-se consideravelmente. Muitas mulheres nem sequer dão conta delas um ano mais tarde.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.