Verão combina com praia, com piscina e com muitas brincadeiras na água, que os mais pequenos adoram e não dispensam. Existem, contudo, alguns gestos básicos que devem ser postos em prática para que uma simples brincadeira não acabe num acidente. Siga os conselhos de pediatra Ana Serrão Neto, coordenadora da Unidade de Pediatria do Hospital Cuf Descobertas, para prevenir incidentes em tempo de férias:

1. Se o seu filho não sabe nadar, recorra a boias e braçadeiras, mesmo em águas paradas.

2. A partir dos cinco anos, ensine-o a nadar, sempre perto da costa, e a nunca mergulhar sem saber a profundidade.

3. Opte por praias vigiadas e ensine o seu filho a respeitar as indicações do nadador-salvador.

4. Vigie a utilização de piscinas insufláveis e despeje toda a água após a utilização.

5. Em casas com piscina, tranque as portas de acesso à água, certifique-se de que a vedação não permite a passagem por cima, por baixo ou através dela e garanta que o trinco funciona.

6. Evite banhos de mar nas três horas seguintes a uma refeição completa.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.