Cada mãe terá suas particularidades emocionais nos primeiros momentos com o bebé: desespero, alegria, tristeza, insegurança, segurança, vulnerabilidade entre muitas outras...

Em comum há o desejo de acertar, de ver o filho crescer seguro, realizado e feliz!

Como então começar a preparar seu filho para o mundo?

Mostrando-lhe que o mundo é agradável, que vale a pena viver e experimentar com tranquilidade as novidades fora da barriga, pois é a partir daí que se constrói a segurança e a confiança nas relações afetivas.

Muito antes de compreender as palavras, a criança regista impressões generalizadas sobre si mesma de diversas formas: o respeito às suas manifestações de fome, a maneira como é transportado ao colo, abraçada, tocada, a expressão facial daqueles que a cercam, além de ser particularmente sensível aos estados emocionais da mãe.

Através dessa linguagem do corpo materno, ela percebe o ambiente emocional que a circunda, e é essa receptividade amorosa que carimba as primeiras sensações positivas do Eu.

Assim, o bebé vai percebendo o quanto é bem vindo na família, e cresce com a sensação deliciosa de ser um presente. Essas mensagens positivas, amorosas, acolhedoras tornam-se registos muito profundos no desenvolvimento da personalidade da criança.

Sendo assim, não economizem beijos, carinhos, abraços, canções, olhares ternos e aconchego.

Autor: Fabiana Cabral
Traduzido e adaptado à cultura portuguesa pela equipe da Rede Mãe

Fontes bibliográfias:

Briggs, D.C. Fontes, E.M. A auto-estima do seu filho. Fontes E.M.;

Winnicott.D.W. A família e o desenvolvimento individual.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.