Depois da notícia de que um empregado de Lady Gaga, o 'dog walker', foi alvejado enquanto passeava três cães da artista, agora foram divulgadas as imagens desse preciso momento.

Um vídeo de uma câmara de vigilância capturou o momento em que os assaltante roubaram os animais, da raça bulldog, e balearam o empregado de Lady, identificado pelo TMZ como Ryan Fischer, numa rua em Los Angeles.

As gravações que foram obtidas pelo TMZ, e outros meios de comunicação, mostram o 'dog walker' a passear os cães por volta das 21h40 (hora local), na noite de quarta-feira, quando um carro branco para ao lado dele.

"Desiste", grita um dos assaltantes. "Não! Ajudem-me", gritava Fischer enquanto lutava contra os indivíduos, tentando que os cães não fossem roubados.

Ao recusar-se a soltar os amigos de quatro patas, um dos agressores levantou uma arma e disparou contra Fischer, deixando-o deitado na calçada enquanto agarravam em dois dos três cães de Lady Gaga, Gustav e Koji, e fugiram no carro.

Fischer agarrou-se depois ao terceiro cão, Asia. "Oh meu Deus, ajudem-me", gritava. "Ajudem-me, fui baleado. Estou a sangrar no peito", continuou.

"Eles roubaram dois cães", disse Fischer a uma pessoa que veio em seu auxílio. Além de ter referido ainda a raça dos animais, fez questão de destacar também: "Eles são os cães da Lady Gaga".

Siga o link

O empregado da cantora foi levado para o hospital e as primeiras notícias que falavam sobre o incidente davam conta que o homem estava "estável".

Até à data, ainda ninguém foi detido e Lady Gaga disse que oferecia uma recompensa de 500 dólares (409 mil euros) para recuperar os cães.

Leia Também: Pai de Lady Gaga faz apelo após roubo dos cães da filha. "Ajudem-nos"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.