Um dos desejos da rainha Isabel II, antes de morrer, era que o príncipe Harry se reconciliasse com a restante família.

Quem o garante é o historiador real Robert Hardman à revista People.

“A rainha adorou o Harry até ao fim e o Harry a ela”, notou o escritor. “Acho que ela era uma das ligações entre Windsor e a Califórnia, e seria um dos seus desejos mais profundos que eles resolvessem as coisas”, sublinha.

O príncipe Harry e a mulher, Meghan Markle, afastaram-se da realeza quando decidiram deixar de trabalhar a tempo inteiro enquanto membros seniores. A decisão foi anunciada em 2019 e colocada em prática em 2020. Atualmente, os duques de Sussex vivem na Califórnia juntamente com os filhos - Archie, de três anos e Lilibet, de um.

Leia Também: Harry recusou jantar com o pai e o irmão no dia da morte da rainha

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.