Durante uma gala de beneficência organizada pela Gucci em 2008, Donald Trumppagou 108 mil euros para vencer um leilão para visitar a vinha Chataeu Latour, que pertence à família do marido de Salma Hayek, o bilionário francês François-Henri Pinault, em Paris, e ainda jantar com a atriz e o marido.

Mas, ao que parece, o dinheiro saiu do orçamento da fundação solidária que o candidato presidencial republicano criou e à qual deu o seu nome. No entanto, segundo o site Buzzfeed News, Trump não chegou a visitar a vinha nem jantou com o casal.

Algo curioso é o facto de a relação entre o candidato republicano e a atriz mexicana não ser das melhores. Há alguns meses atrás, Salma falou acerca dos comentários de Trump sobre os imigrantes mexicanos nos EUA, numa entrevista aoJimmy Kimmel.

"Não me sinto insultada porque a estupidez não me insulta. Toda a gente tem direito a ter opiniões desinformadas. Toda a gente tem direito a ser burra. Mas eu não sou burra, por isso consigo ver as coisas através da manipulação. Temos todos algo a aprender com isto".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.