Toy é o mais recente convidado do podcast 'É Preciso Ter Lata. À conversa com Pedro Ribeiro e Rita Rugeroni, o cantor respondeu a perguntas de fãs e haters e desvendou finalmente o porquê de ter sorteado convites para o seu casamento.

O cantor explica que estava "no ano de mais trabalho de sempre" e precisou de ajuda para organizar a festa.

Sendo a taróloga Maya sua amiga e dona de uma empresa de organização de eventos, Toy decidiu pedir-lhe ajuda. Sem tempo, o músico deixou que fosse a amiga a tratar de tudo.

"Com o 'trata tu', 'trata tu', de repente tinha a CMTV a tratar do meu casamento. Então o que é que eles se lembraram, começaram a sortear convites, fizeram disto um programa de televisão... O que é ótimo e fantástico, não tenho qualquer tipo de problema, a minha vida é tão transparente. Até é uma ideia engraçada", afirma, sem arrependimentos da cobertura mediática que a festa acabou por ter.

Quanto aos convidados que ganharam o 'concurso', Toy conta que não sabe quem eram e que nunca chegou a vê-lo. "Não faço a mínima ideia de quem eram", conta, explicando que tinha mais de 300 convidados na festa.

Ainda sobre a parceria com o canal de televisão, o músico afirma: "Não pagaram a lua de mel mas deu muito jeito em algumas coisas", como por exemplo o fato e vestido da noiva.

"Se calhar gostaria de ter uma coisa mais privada, é provável que sim, mas também penso assim: se todas as pessoas escolhessem sempre coisas privadas o público não tinha aceso às coisas mais feias ou mais bonitas. E como não sou pedófilo, não roubei a banca, como não tenho nada para esconder, a minha vida sempre foi pública [...] fá-lo-ia outra vez", termina.

Siga o link

Leia Também: Mário Jardel: "Tive uma overdose. Fiquei 7 dias acordado a usar cocaína"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.