Os Estados Unidos permanecem de luto, após o tiroteio que decorreu numa escola secundária na Flórida, onde resultaram 17 mortos. Este é o 18º desde o início do ano, e na onda de reações que se fizeram notar após o último massacre destacou-se a de Jimmy Kimmel, esta quinta-feira.

O apresentador recorreu ao seu espaço no programa 'Jimmy Kimmel Live' para tecer duras críticas a Donald Trump, que considera ter feito "pior do que nada" quanto ao terror vivido no estabelecimento de ensino.

Jimmy recordou o discurso do Presidente dos Estados Unidos na passada quarta-feira, onde Donald Trump destacou que o sofrimento das famílias das vítimas era um sentimento partilhado por todos os norte-americanos. "Nenhum pai ou mãe deve ter medo quando os seus filhos se despedem para ir para a escola", acrescentou Trump.

Em resposta, o apresentador não poupou o político a críticas. "O presidente pode dizer aos seus colegas no Congresso - que se preocupam tanto com a comunidade - que criem leis que mantenham longe do alcance deste tipo de pessoas as armas que estão a matar as nossas crianças e jovens. Vá à televisão e diga isso", afirmou.

Entre aplausos do seu público, Jimmy continuou, deixando-se emocionar: "O presidente não fez absolutamente nada. Na verdade, fez pior do que nada".

Veja ou reveja o discurso do apresentador na íntegra aqui.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.