Esta quinta-feira, dia 13, Fátima Lopes esteve à conversa com Tatiana Madureira, ex-concorrente do Big Brother 4. A entrevistada teve a oportunidade de falar sobre a experiência dentro da casa mais vigiada do país classificando-a como "a melhor da sua vida".

"Éramos muito inocentes, entrei sem pensar no dia de amanhã. Fui a primeira a abrir a porta e a última a fechar", recorda, uma vez que ficou em segundo lugar no reality show.

"Tenho muitas saudades", fez saber, acrescentando que lhe faz muita confusão ouvir ex-concorrentes de outros reality shows a dizer que se arrependem da sua participação.

Se por um lado a experiência "ajudou-a a cortar a enorme ligação que tinha com os pais", uma vez que era filha única, por outro lado, garantiu que nunca se deixou influenciar pelas pessoas, por ter sido sempre certinha.

O cancro no ovário

Nos anos que se seguiram vários acontecimentos marcaram a vida de Tatiana. Poucos meses após a sua saída do programa casou com um rapaz que conheceu após alguns meses de namoro, sendo que na altura tinha apenas 20 anos. Hoje admite que é um erro. “Essa pessoa não me apoiou a seguir o curso que eu queria”, contou, referindo que o seu sonho era ser juíza.

Atualmente fisioterapeuta foi durante o exercício desta profissão que em 2013 se apercebeu de um problema de saúde: um cancro no ovário. "Se não fosse operada em dois dias eu morria", garante, sublinhando que teve de se submeter posteriormente a três ciclos de quimioterapia.

Felizmente conseguiu derrotar a doença e concretizar o sonho de ser mãe - com o nascimento do pequeno Lucas, de um ano e meio - fruto do seu segundo casamento, onde se sente muito realizada.

Leia Também: É oficial! Cláudio Ramos vai apresentar o 'Big Brother' na TVI

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.