Susan Sarandon esteve presente em vários protestos pró-Palestina, nos EUA, onde fez comentários que não foram bem vistos pela agência de Hollywood UTA.

De acordo com o Deadline, a artista tem-se mostrado contra Israel e até chegou a dizer: "Há muitas pessoas com medo de ser judeus neste momento, e estão a ter uma ideia de como é ser muçulmano neste país".

Após os seus comentários, Susan Sarandon foi dispensava pela UTA, informação confirmada por um porta-voz da agência, com quem a atriz trabalhava desde 2014.

Leia Também: "Fui aconselhado a não falar no genocídio. Posso vir a ser prejudicado"

Leia Também: Argumentista instou Nuno Lopes a pagar para evitar ação na justiça

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.