Sara Carbonero recordou um passeio no campo que fez há uns meses em Lanheses, uma vila do concelho de Viana do Castelo, também conhecida como Santa Eulália de Lanheses, para partilhar com os fãs um desabafo sentido. A jornalista desportiva espanhola de 36 anos, que é casada com o guarda-redes do FC Porto Iker Casillas, recorreu a uma crónica do jornalista espanhol Jesús Terrés para revelar aos fãs o atual estado de espírito.

"Deduzo que estamos a passar por todos os estados possíveis por estes dias, do receio à esperança, da emoção ao medo, mas eu não quero deixar de sonhar. Não quero. Sei que devo priorizar necessidades e é exatamente isso que temos vindo a fazer, mas demorei uma vida a saber o que é importante e não estou para começar a mudar a minha forma de pensar. Sei que o mundo se está a desfragmentar mas eu não quero reinventar-me", confidencia.

"Não quero converter-me ao budismo nem comprar abacates biológicos. Não quero fazer pão nem memorizar asanas [posturas corporais utilizadas em exercícios de ioga] nem ser melhor do que ninguém. Eu quero comer presunto, colecionar museus, sonhar com Menorca e encher os mapas de pioneses, erguer o copo, brindar aos sonhos impossíveis e continuar a pensar, como fazia antes, que a vida são arrepios na pele, nada mais", partilhou.

"Mais uma vez, um texto inspirador de Jesús Terrés", elogiou publicamente Sara Carbonero. "Tomara, aqui e agora, esta viagem, esta casa no campo com amigos, despenteada e sem conseguir abrir os olhos por causa do sol", desabafou a jornalista. Há dois dias, numa outra publicação das redes sociais, na legenda de uma fotografia tirada no Porto, para onde veio viver com o marido em 2015, a espanhola mostrou-se nostálgica. "Somos instantes", admite.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.