A rainha Isabel II mandou retirar oficialmente a Harvey Weinstein a condecoração com a qual este foi agraciado em janeiro de 2004 - a ordem de Commander of the Most Excellent Order of the British Empire (Comandante da Ordem do Império Britânico).

A motivar a decisão da rainha, que chegou após uma reunião do comité responsável pelas atribuições em causa, está o facto de o realizador e produtor ter sido condenado pela prática de assédio e abusos sexuais.

"A Rainha determinou que a nomeação de Harvey Weinstein para ser Commander of the Most Excellent Order of the British Empire, datada de 29 de janeiro de 2004, seja cancelada e anulada e que o seu nome seja apagado do registo da referida ordem", cita o jornal The London Gazette.

Recorde-se que este título havia sido atribuído a Harvey Weinstein pelo seu trabalho na indústria cinematográfica. Esta é uma decisão que chega três anos depois de Weinstein perder o título de associado do Instituto de Filmes Britânicos (BTI), em 2017.

Leia Também: Harvey Weinstein enfrenta nova acusação de crimes sexuais

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.