Eis que a família real britânica vive um dos momentos mais desafiantes da sua história.

Com a princesa Kate Middleton e o rei Carlos III afastados dos compromissos reais devido a questões de saúde, têm sido os restantes membros séniores a 'levar o barco adiante'.

Um dos mais importantes, como seria de esperar, tem sido o príncipe William. Assim, o tempo do herdeiro ao trono tem sido dividido entre a família e o trabalho, pelo que tem estado bastante ocupado.

"Penso que o William já se apercebeu certamente disso [de ter a agenda preenchida] e do peso do mundo aos seus ombros. Ele vai ser rei um dia", disse o escritor Robert Jobson à revista Hello!.

"As expectativas estão todas em William. Ele deve sentir-se como a rainha Isabel II na altura em que tinha 25 anos quando de repente foi catapultada para este trabalho que a consumia", reflete, lembrando o ano de 1952, data em que Isabel II se tornou monarca.

Vale notar que o rei Carlos III não abandonou completamente os seus deveres, sendo que continua a cumprir funções institucionais à distância.

Leia Também: Rei Carlos III não quer "pressionar" William após diagnóstico de cancro

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.