O príncipe Harry sempre fez de tudo para proteger ao máximo a privacidade do filho mais velho, Archie, quando ainda fazia parte do núcleo sénior da realeza britânica.

"Uma fonte descreveu o Harry como 'obcecado de forma quase mórbida' em manter o nascimento do Archie o mais secreto quanto possível", revela a especialista Katie Nicholl no novo livro 'The New Royals: Queen Elizabeth's Legacy and the Future of the Crown'.

Este desejo do príncipe, segundo a imprensa internacional, ia contra "um acordo não verbal entre a realeza e o público" que estava ansioso para ouvir pormenores sobre o bebé.

"Nos bastidores, as coisas eram tão complicadas que mais do que um funcionário – como eu sei por experiência própria – ficou reduzido a lágrimas de frustração e desespero", acrescenta Rebecca English, editora da realeza do Daily Mail.

Na época, Harry e Meghan chegaram a posar para um fotógrafo e um jornalista, que tinha questões já aprovadas anteriormente. "Isso demonstrou o crescente abismo entre as expectativas públicas em relação ao Harry e o que ele se sentiu obrigado a dar", completa Katie.

Leia Também: Meghan queixou-se por "não ser paga" para fazer digressões na realeza

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.