Doze jurados começaram esta terça-feira a deliberar sobre o polémico caso de Harvey Weinstein. O produtor norte-americano está envolvido num dos maiores escândalos de Hollywood, enfrentando a acusação de cinco crimes - incluindo agressões sexuais e violações.

O julgamento decorreu num tribunal de Nova Iorque, estando apenas a serem analisadas as denuncias de Miriam Haley e Jessica Mann. Embora as suas denuncias não estejam a ser julgadas, também será tido em conta o depoimento de outras mulheres - como é o caso de Annabella Sciorra.

Já as denuncias que envolvem Rose McGowan, Ashley Judd ou Rosanna Arquette não são considerados por terem decorrido em estados diferentes.

Weinstein chegou ao tribunal de Nova Iorque aparentando novamente um estado de saúde frágil e debilitado. Este surgiu debruçado sob um andarilho. De acordo com os seus advogados de defesa, o seu estado de saúde está relacionado com uma lesão nas costas.

Notícias ao Minuto

[O produtor na chegada ao tribunal]© Getty Images

O primeiro dia de audiência terminou sem qualquer veredito. Depois de ouvir os testemunhos, em alguma casos bastantes gráficos, das vítimas acima referidas, o júri pediu "clareza jurídica" no que diz respeito às acusações.

Leia Também: Está escolhido o júri do julgamento do produtor Harvey Weinstein

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.