Diogo Morgado está a dar cartas na indústria cinematográfica e 2020 começou com o reconhecimento do público com o Prémio Cinco Estrelas na categoria de Cinema. Distinção que surge três anos após o ator e o irmão, Pedro Morgado, terem aberto a produtora SLX Productions, para "esta saga quase insana de criar cinema independente", como o próprio definiu.

"Sinto que não são prémios sensação, não ando cá há dois dias. É o resultado de muitos anos, o que me deixa genuinamente feliz", reagiu em declarações aos jornalistas durante a entrega dos prémios, que decorreu no passado dia 31 de janeiro.

"Há um tempo próprio para fazer as coisas. Quando estiver rabugento e chato já não vou querer começar nada, esta é a altura certa. Estou a fazer escolhas arriscadas no que diz respeito a não fazer algumas coisas como ator porque a minha prioridade está em construir isto: mostrar ao público português e às marcas que o cinema é forte", acrescentou.

Apesar de não ter a meta de chegar a Hollywood, Diogo Morgado confessa que se propõe a "provocar" cineastas internacionais com o objetivo de levar o selo de qualidade de Portugal além-fronteiras.

“Somos dos poucos países civilizados da Europa e do mundo que nunca foi nomeado para sequer um Óscar, isso não pode acontecer. Há países culturalmente com menos história do que nós e economicamente mais fracos que já foram múltiplas vezes nomeados. Quero provocar isso", sublinhou.

Prestes a divulgar o trailer do seu novo filme, 'Irregular', frisou que trabalha exclusivamente para corresponder às expectativas do público: "Desde a primeira linha que eu e o meu irmão só nos preocupamos com o feedback do público. Não é com o da crítica, não é com o dos meus pares no mercado, é só com o do público".

Leia Também: "Qualquer artista finge sempre que não liga a prémios: Ah quero lá saber"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.