O fim de semana foi de festa para a família real britânica. Decorreu no passado domingo uma cerimónia onde foram celebrados os batizados de vários bisnetos da rainha Isabel II, nomeadamente os filhos de Zara Tindall, filha da princesa Ana, e de Eugenie, filha do príncipe André.

Houve contudo uma notada ausência entre os bebés reais batizados. Sienna Elizabeth, filha da princesa Beatrice, não se juntou aos primos Lucas, filho de Zara, e August, de Eugenie.

Perante este facto, a imprensa internacional apressou-se a apontar possíveis razões para esta decisão de Beatrice e do marido, Edoardo Mapelli Mozzi.

O primeiro motivo pode prender-se com a idade da bebé. Os primeiros, August e Lucas têm já nove e oito meses de idade, respetivamente, e Sienna apenas dois. A idade da bebé pode pesar ainda no fator tradição, visto que é comum na família real que as crianças recebam o sacramento do batismo aos quatro meses.

Outra das razões poderá relacionar-se com o facto de Beatrice e a irmã, Eugenie, quererem seguir as pisadas da mãe no que respeita à maternidade. Sarah Ferguson, esposa do príncipe André, apenas batizou as filhas com nove meses - algo que Eugenie acabou por repetir.

Por fim, diz-se ainda que Beatrice pode não ter batizado a filha devido às restrições que ainda existem devido à pandemia da Covid-19. A princesa teve um casamento atípico precisamente por causa destas normas e pode por isso querer que a festa de batizado da sua bebé seja em grande e já sem qualquer tipo de restrição.

Leia Também: Eis o vestido que a princesa Eugenie usou no batizado do filho

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.