Pink deixou os fãs preocupados ao referir que, provavelmente, não iria ser capaz de atuar do Super Bowl, depois de ter ficado com uma gripe por causa dos filhos. Sabendo que este era um dos grandes objetivos de carreira da cantora, Pink confessou que rapidamente o sonho se tornou um verdadeiro pesadelo.

Nas redes sociais, a mesma partilhou uma fotografia dos seus ensaios, na qual aparece com um enorme cachecol à volta dos pescoço e garrafas de água alinhadas junto a si.

“A tentar ultrapassar a gripe ensaiando”, afirmou na sua página de Instagram. “Tenho esperado para cantar esta canção desde 1991, quando o meu ídolo, Whitney Houston lançou-a. E agora, a minha oportunidade finalmente chegou. E isto acontece quando tenho duas crianças que literalmente tossem para a minha boca e esfregam o nariz nas minhas bochechas”, confessou.

Apesar dos desafios, Pink – que é mãe de Willow, com seis anos e Jameson Moon, de 13 meses, referiu que o espetáculo precisa de continuar e que vai lutar para isso. “Prometo que vou dar o meu melhor, sempre faço isso”, concluiu, acrescentando nos hastags “por favor, devolvam-me a minha voz”.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.