Pedro Carvalho tem aproveitado (praticamente) todas as publicações que tem feito nas redes sociais para apelar aos seguidores para, em tempo de pandemia de COVID-19, não saírem à rua. Isolado em casa desde meados de março, o ator português de 34 anos, que atualmente reside e trabalha no Rio de Janeiro, no Brasil, raramente põe os pés fora de casa. "Só saio para o estritamente necessário", garantiu o artista em declarações à edição desta semana da revista TV 7 Dias.

"Espero que as pessoas se consciencializem de que devemos, cada um de nós, fazer a nossa parte", refere ainda. Nos últimos dias, para além dos apelos, Pedro Carvalho também tem partilhado recomendações e reflexões. "Vivemos tempos estranhos", desabafa. "O que parece tão básico e tão simples ao ser humano, como direito de viver e usufruir de um mundo de todos e para todos, tem-se transformado numa luta cada vez mais árdua", lamenta ainda o artista.

Pedro Barroso oferece-se para ir às compras e à farmácia. "São causas como estas que me fazem acreditar"
Pedro Barroso oferece-se para ir às compras e à farmácia. "São causas como estas que me fazem acreditar"
Ver artigo

"Esta pandemia de COVID-19 mostra-nos o quão frágil somos perante tudo e o quanto precisamos uns dos outros", afirma. "Apenas nos é pedido humanismo, solidariedade e respeito pelo próximo. Não é apenas uma gripe, é uma responsabilidade social e cívica que todos devemos ter", escreveu numa publicação onde apela ao "recolhimento voluntário". "É estranho pensar que, apenas por ficarmos em casa, estamos ajudando a que todo este problema se resolva, mas é isso mesmo", esclarece Pedro Carvalho, que voltou a pintar e a desenhar para ocupar o tempo de confinamento social, noutro dos apelos que fez nos últimos dias.

Numa das mensagens aos seguidores, o ator aconselha os seguidores a utilizar a maior disponibilidade que passaram a ter para pensarem em coisas para fazer e até lhes propõe um exercício. "Nestes tempos difíceis, troque o ruído externo, o medo do amanhã e do que será pelo silêncio e pela paz que existem dentro de si. Aceda aos elementos mais implacáveis que todos temos [no interior da nossa mente]. Depois, abra os olhos", aconselha Pedro Carvalho.

"Enfrente isto tudo com otimismo e determinação. Faça planos, aproveite para tirar aquele projeto que está na gaveta há anos e ao qual nunca teve tempo para se dedicar. Afinal de contas, [a falta de] tempo agora não é problema", sublinha. "Em momentos de crise, muitas vezes surgem boas oportunidades, boas descobertas, inclusive sobre si mesmo. Aproveite e viaje dentro de si. A tempestade vai passar e vai seguir em frente mais revigorado", garante.

"Medite, leia, abrace mais os que estão consigo em casa neste momento... O mundo obrigou-nos a parar. Pare, escute e cuide-se", pede o artista. "Estou muito atento ao desenrolar da situação e mantenho-me otimista", desabafa ainda o ator, que se encontra atualmente de férias. Pedro Carvalho deu vida ao chef português Abel da Gama Ferronha da telenovela brasileira "A dona do pedaço", que a SIC transmitiu nos últimos meses e que terminou no passado dia 29.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.