Jessica Athayde fez um vídeo em direto na passada semana com o psicólogo clínico Eduardo Sá onde falaram dos desafios relativos à educação das crianças.

Contudo, após a conversa, surgiu uma controvérsia que o especialista fez questão de esclarecer, parecer esse que foi partilhado pela atriz na respetiva conta de Instagram.

"Como imaginam, teria a versatilidade suficiente para que, a propósito de um assunto desses, ser politicamente correto. Falso, portanto. Mas seria ofensivo que o fizesse a propósito das questões que ela me colocou, considerando o respeito que a Jessica e todas as pessoas com quem conversámos me merecem", afirma o psicólogo.

"Fui, entretanto, confrontado com um conjunto de comentários - muitos deles de pessoas que, assumidamente, reagem a reações - sobre a forma como eu teria recomendado 'a palmada'”. Ora, reconhecendo que essas reações não serão por má fé mas por desconhecimento daquilo que penso, por precipitação ou por simples desentendimento circunstancial, tenho o maior gosto de esclarecer que: Como me parece óbvio para quem me conheça, jamais recomendaria, em circunstância alguma, castigos físicos a quaisquer crianças!", assegura.

"Reconheço, todavia, que alguns pais, num momento de exaustão ou de desespero, por exemplo, poderão reagir ('num dia mau') num impulso, dando uma palmada aos seus filhos. Ou que tenham com eles um gesto de idêntico excesso. Verbal, por exemplo", diz ainda.

Leia o esclarecimento completo na galeria.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.