"Nós ganhámos. Por Portugal. Pelos portugueses. Pela Seleção Nacional", escreve Dolores Aveiro, que remata, escrevendo: "Obrigada, obrigada".

Dolores Aveiro tinha dado anteriormente conta de como lhe foi "dolorosa" a imagem do filho, que sofreu um lesão e saiu, de maca, do relvado, depois de uma falta dura de Dimitri Payet, no início da final do Euro2016.

Dolores Aveiro, todavia, mostrou a sua confiança nos jogadores nacionais e vaticinou a vitória.

"O meu filho abandonou o campo, mas a nossa seleção pode ganhar. Confio que vamos poder levantar a taça", escreveu Dolores Aveiro.

Portugal sagrou-se hoje campeão da Europa de futebol, ao bater na final a anfitriã França por 1-0, após prolongamento, num encontro disputado no Estádio de França, em Saint-Denis, na capital francesa.

Um golo do suplente Éder, aos 109 minutos, selou o triunfo da 'formação das quinas', que se tornou a segunda na história da competição a vencer a equipa da casa na final, 12 anos depois de ter perdido por 1-0, com a Grécia, a do Euro2004, no Estádio da Luz, em Lisboa.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.