Nuno Markl recorreu à sua página de Instagram para comentar as imagens onde se pode ver o ataque da polícia israelita no funeral da jornalista Shireen Abu Akleh - assassinada a tiro quando se encontrava a fazer a cobertura do conflito entre forças israelitas e palestinianas.

"Os tempos que vivemos. A insanidade disto. A polícia de Israel atacando sem dó nem piedade as pessoas que se limitavam a prestar a última homenagem à jornalista palestino-americana Shireen Abu Akleh", começou por dizer Nuno Markl.

"A maneira como, num funeral, batem impiedosamente em tanta gente desarmada e que não está a atacar ninguém. Nas pessoas que carregam o caixão e que quase o deixam cair! Inacreditável. Mas, pelo menos, documentado para os olhos do mundo de forma inequívoca", acrescentou.

"Pode não ter ficado registado em vídeo quem matou Shireen, mas ficou registado em vídeo quem parece querer matá-la uma segunda vez. Quem parece querer matar, em acesso de fúria psicótica, uma multidão que esperava apenas prestar tributo à repórter", completou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.