O ator norte-americano, que já interpretou a "voz de Deus" em filmes de Hollywood, narra o historial da ex-secretária de Estado na defesa pelos direitos das minorias desde que concluiu os estudos na universidade.

"O trabalho da sua vida tem sido romper barreiras e também assim será a sua presidência. Ela entende que o nosso país não pode alcançar o seu potencial a menos que todos o façamos", diz Freeman no anúncio publicitário de um minuto.

A publicidade explica como, ao terminar os seus estudos de Direito, Clinton lutou por uma reforma da justiça juvenil na Carolina do Sul, contra o racismo no Alabama, e promoveu o registo de eleitores latinos no Texas.

O anúncio é diretamente dirigido à numerosa comunidade negra da Carolina do Sul, que na próxima semana votará nas primárias para eleger o candidato democrata à Casa Branca, numa corrida bastante disputada entre Hillary Clinton e o senador pelo Vermont Bernie Sanders.

Até agora, foram realizadas duas votações das primárias democratas: no 'caucus' (assembleias locais de eleitores) do Iowa, onde Hillary Clinton venceu por uma margem muito curta, e no estado do New Hampshire, onde Bernie Sanders foi o vencedor.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.