Pensava que tinham uma proposta de trabalho para lhe fazer mas, quando chegou ao local combinado, foi confrontada com uma oferta tentadora que a chocou de imediato. Em declarações à revista Svet&Scandal, a modelo Natalija Scekic revela que foi abordada por um homem em Londres, em Inglaterra, que queria que ela fizesse sexo com o tenista sérvio Novak Djokovic e filmasse os atos sexuais, em troca de 60.000 €. A ideia era denegrir a imagem pública e destruir o casamento do desportista de 33 anos.

"Tinha esse indivíduo como uma pessoa séria. Conheço o trabalho da agência dele e sei que são bastante bons naquilo que fazem. Quando ele me falou num encontro, pensei que se tratava de um assunto profissional mas, à medida que a conversa foi avançando, percebi que, afinal, não tinha nada a ver com aquilo que faço", confidenciou a manequim sérvia em entrevista à publicação. Para além do pagamento de 60.000 €, Natalija Scekic ainda teria direito a uma viagem com tudo pago num destino à escolha.

"Eu soltei uma gargalhada. Pensei que ele, a seguir, me ia dizer que estava a brincar mas, afinal, a proposta era a sério. Senti-me muito ofendida e humilhada", assume a modelo, que pode ficar a conhecer na galeria de imagens que se segue. "Como estávamos num local público, não reagi. Peguei nas minhas coisas e vim-me embora. Espero que não consigam convencer nenhuma rapariga a levar o plano avante porque o Novak [Djokovic] é um homem exemplar, o melhor embaixador do nosso país", elogia.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.