Nuno Markl manifestou publicamente o seu desagrado para com a publicação onde Maria Vieira comentava a morte da ativista brasileira Marielle Franco.

O radialista afirma que a atriz teve um “acesso de pura e inadulterada maldade” e acusa-a de comentar a terrível execução da Marielle Franco dizendo: “'A mesma que impediu a polícia municipal de andar armada para sua defesa. Temos pena, shit happens, menos uma esquerdalha a consumir oxigénio'”, palavras que não correspondem na íntegra ao que Maria Vieira escreveu no seu Facebook.

Em declarações ao Notícias ao Minuto, a atriz afirma não ter escrito a frase citada por Markl e lembra as palavras que usou para lamentar a morte de Marielle.

“Eu conheço a realidade brasileira, vivi nesse país que amo de coração durante 3 anos e fico muito revoltada quando as notícias, em vez de serem notícias, são declarações sectárias que defendem partidos e posições políticas que no caso do Portugal Socialista, corrupto e falido onde ainda vivo, se preocupam em defender aquilo que mais jeito lhes dá em vez de apenas se cingirem à verdade dos factos”, lembrou.

“E quero terminar, desejando os meus mais sinceros pêsames à família e aos amigos da vereadora Marielle Franco que, apesar de estar do outro lado e muito longe da minha margem política, foi uma mulher que teve a ousadia de defender aquilo em que acreditava. Que Deus a guarde”, concluiu a polémica artista, numa publicação que pode ler na integra na imagem que se segue:

Notícias ao Minuto

Publicação feita por Maria Vieira© Reproduções Facebook - Maria Vieira

Relembre também o comentário de Nuno Markl à publicação de Maria Vieira:

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.