Kate Middleton e o príncipe William mostraram-se "chocados" com o homicídio de David Amess. O deputado do Partido Conservador foi esfaqueado durante audiências com eleitores em Leigh-on-Sea, no sudeste de Inglaterra, esta quinta-feira. Tinha 69 anos.

Os duques de Cambridge recorreram à sua página de Twitter para reagir à trágica notícia. "Estamos chocados e tristes com o homicídio de David Amess, que dedicou 40 anos da sua vida a servir a sua comunidade. Os nossos pensamentos e orações estão com a sua família, amigos e colegas", escreveram.

A investigação está a conduzida pelo Comando Contra o Terrorismo da Met, Unidade de Operações Especializadas da Região Leste e Polícia de Essex. Dean Haydon, coordenador nacional da unidade de contraterrorismo, "declarou formalmente o incidente como terrorismo".

Leia Também: Assassínio de deputado britânico considerado "incidente terrorista"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.