Justin Bieber pediu desculpa a Marilyn Manson, após ter dito que ao fazer t-shirts com a cara do colega conseguiu que ele voltasse a ser falado.

O cantor colocou fim à polémica com um troca de mensagens de texto. O conteúdo das alegadas mensagens foi divulgado no programa ‘The Howard Stern Show’. "Eu pensei que tivéssemos uma interação bastante agradável. Além disso, se alguma coisa não foi esclarecida com as t-shirts, eu sinto muito. De qualquer forma, independentemente disso, eu senti-me magoado ao ver que eu saí como um c***** ou fui mesmo um c**** , desculpe-me?", escreveu Bieber.

"Você está a ser você. Sem reclamações", respondeu Marilyn. "Honestamente, eu achei que nós tínhamos terminado com isso. De novo, minha culpa. Se eu fui um c****, não foi minha intenção. Só queria que soubesse disso", voltou Justin a afirmar.

"Nós estamos bem. As pessoas tornaram o assunto da t-shirts numa falsa polémica. Vamos dar a volta por cima e f**** a imprensa fazendo algo juntos. Será o melhor. E não se desculpe. Você não foi um c****. Eles perguntaram-me se você era e eu concordei. Eu não queria atingir-te. Eu vou evitar mais perguntas hoje no Stern", concluiu Marilyn.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.