O juiz Kevin Eide de Minessota, EUA, rejeitou reivindicações de 29 supostos herdeiros da fortuna de Prince. Seis pessoas que alegam ser irmãos, meios-irmãos ou parentes do artista terão que fazer testes de ADN.

De acordo com a Reuters, esta rejeição dos supostos herdeiros veio em resposta a uma enorme quantidade de pedidos de pessoas que queriam ficar com uma parte da herança do cantor, estimada em 500 milhões de dólares(mais de 400 milhões de euros).

Entre as reivindicações recusadas está a de Claire Boyd, que diz ter sido casada com Prince, mas cujos registos do casamento foram mantidos em segredo pela CIA.

Quatro outras pessoas que afirmaram ser filhos do cantor, assim como cidadãosque dizem ter outro tipo de parentesco com o artista, também foram rejeitadas.

John Nelson, Norrine Nelson e Sharon Nelson estão entre os cinco identificados como meios-irmãos ainda vivos de Prince.O pai e a mãe do artista já morreram.

Recorde-se que Prince morreu aos 57 anos, no passado dia 21 de abril, sem deixar testamento.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.