Depois de Luís Osório ter falado de Judite Sousa e da grande perda que sofreu há quase oito anos, a morte do único filho, a jornalista recorreu à sua página de Instagram para comentar o texto e agradecer as palavras.

"Venho, através das minhas redes sociais, agradecer-lhe publicamente o que escreveu e a profundidade com que o fez. Agradeço", começou por dizer.

"Nas últimas semanas, e num programa de televisão, uma mulher esteve 50 minutos a chorar compulsivamente sobre a morte do seu único filho. Junto dos que me são mais próximos não recebi nenhuma mensagem de empatia. Pelo contrário: fui destratada sem o mínimo de compaixão, a começar num alegado programa de humor e a acabar no meu ambiente de trabalho", partilhou.

"E não me venham dizer que me vitimizo. Uma mãe e um pai que perdem um filho não se vitimizam. São, por natureza da tragédia, vítimas. Para sempre", destacou.

"Agora, uma pessoa que nunca me viu, que só me conhece da televisão, escreveu sobre o meu 'inferno'. É verdade, Luís. Faz dia 29 [de junho] oito anos. Para mim, foi ontem, é hoje, será amanhã. Obrigada, Luís Osório", rematou.

© Facebook

Leia Também: Judite Sousa recorda foto antiga do filho oito anos após a sua morte

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.