Joaquín Cortés vive momentos de angústia há quase 10 dias. Andrea Cortés Moreno, o filho mais novo, de apenas quatro meses, está hospitalizado e a lutar pela vida desde o passado dia 13 de junho, três dias depois de ter ficado doente. No entanto, só nas últimas horas é que o dançarino de flamenco e coreógrafo espanhol de 52 anos, que antes da pandemia se tinha mudado com a família para a capital portuguesa, partilhou a informação com os milhares de admiradores que o seguem nas redes sociais.

"O nosso amigo testou positivo para um vírus chamado RSV, que causa bronquiolite. É mais perigoso em bebés do que a COVID-19, ainda mais agressivo", sublinha o artista. "Neste momento, ele está a respirar graças a um daqueles aparelhos que faltaram durante a pandemia e que fez com que tantas pessoas morressem [ventilador]. É impressionante. Agora, é esse aparelho que está a ajudar o nosso filho a respirar", informa Joaquín Cortés, que é casado com a empreendedora Mónica Moreno.

Numa fase inicial, os pais do bebé de quatro meses, que vivem entre Madrid e Lisboa, desvalorizaram o problema. "Não o levámos ao médico porque ele não tinha mais sintomas. Na sexta-feira e no sábado, ele esteve a dormir muitas horas seguidas e foi isso que nos alertou", explicou ainda Joaquín Cortés, que tem ainda mais dois filhos. Mónica Moreno também está devastada. "Completaste quatro meses de vida entre tubos e uma cama de hospital", lamentou. "Não imaginamos a vida sem ti", desabafa.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.