O filme 'The Upside' está a dar que falar na imprensa internacional pelo facto de um dos atores principais da trama, Bryan Cranston, estar a ser duramente criticado por dar vida a um milionário tetraplégico.

Respondendo às acusações de que os atores de Hollywood estão cada vez mais a aceitar fazer papéis de "grupos de minorias", o norte-americano afirmou em declarações públicas que participar em 'The Upside' foi uma "decisão de negócios" e que "o trabalho de um ator é representar outras pessoas".

Solidário com as críticas de que o ator tem sido alvo, Nuno Markl resolveu usar as redes sociais para manifestar a sua indignação.

"A tristeza que é um actor, debaixo de fogo, ter de explicar às pessoas o que é um actor. Que mundo imbecil. Aguardamos o momento em que abre o casting a psicopatas para desempenharem o papel de psicopatas.", defendeu o radialista, sem conseguir ficar indiferente à polémica.

Recorde-se que em 'The Upside', Bryan Cranston contracena com o comediante Kevin Hart, cujo personagem é um jovem pobre que se torna cuidador do já referido milionário tetraplégico .

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.