O cantor espanhol Julio Iglesias, um dos maiores artistas românticos das últimas décadas, revelou durante um espectáculo na cidade uruguaia de Punta del Este que abandonou o sexo há 15 anos.

"A primeira vez que vim a Punta del Este eu tinha 24 anos e fazia amor três vezes ao dia, (mas) abandonei tudo isso já há 15 anos", disse Iglesias ao público, entre uma canção e outra.

Iglesias, de 66 anos, contou também que antigamente "tinha uma superstição, ou capricho, ou seja lá como se queira chamar, que era o seguinte: não podia subir a um palco para cantar sem antes ter feito amor''.

"Então eu era como um coelhinho, mas era espantoso, porque depois, enquanto estava no palco, queria terminar depressa porque sabia que tinha uma mulher nua à minha espera no quarto", acrescentou

E, para gáudio da plateia, Julio rematou: " Se hoje em dia eu fizesse amor antes de um espectáculo, teriam que cancelar o show..."

Apesar do discurso, Iglesias não se privou de acariciar sensualmente e beijar na boca as bailarinas e integrantes femininas do coro que o acompanhava no palco.

Com mais de 40 anos de carreira e cerca de 300 milhões de discos vendidos, Iglesias é um dos cantores melódicos de maior sucesso em todo o mundo, especialmente na América Latina, e sua fama de eterno Don Juan sempre o acompanhou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.