Helena Laureano dá vida a uma personagem tão intensa na novela da SIC “Rosa Fogo” que já se viu obrigada a recorrer a um psiquiatra para superar algumas das cenas mais dramáticas que tem de fazer.

Na trama, Helena faz o papel de “Eduarda”, uma mulher vítima de violência doméstica por parte do grande vilão da história, “José Mayer”, interpretado por Rogério Samora.

"Falei com um médico. Há pessoas que choram, outras que ficam tristes e catatónicas. É muito estranho, porque entra-se num processo de medo que não deixa a pessoa respirar... e isso é custoso de fazer. Aquilo já não é amor. É um jogo de perda... As pessoas deixam de ser elas próprias", confessou a atriz ao “JN”.

E para piorar a situação, esta já não é a primeira vez que Helena Laureano dá vida a uma mulher maltratada. A atriz já tinha desempenhado um papel semelhante em “Ilha dos Amores”, uma novela da TVI.

Na vida real, Helena assume que jamais se sujeitaria a algo do género e revela que lhe custa tanto ver a sua “Eduarda” em estado tão lastimoso que às vezes só “apetece ligar-lhe e dizer: ‘acorda para a vida!...’”.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.