Ruben Rua conversou com a imprensa logo após a apresentação do seu novo programa na TVI - 'VivaVida' - na estreia de 'Dia de Cristina'. Sem papas na língua, o apresentador mostrou-se confiante neste novo projeto, na companheira escolhida por Cristina Ferreira para formar dupla consigo e sem medo de perder nas audiências.

"Nunca senti que tivesse saído da TVI. Fui só de férias, e por acaso até foram bem boas, num barco muito divertido... e dancei muito", começa por brincar o apresentador, assumindo contudo que existiu uma pequena pausa na sua carreira.

"Houve de facto um interregno e é um regresso. É um regresso à minha casa", diz.

Questionado sobre a possibilidade de ser este o projeto de sonho que desejava ter na televisão, Ruben Rua deixa claro que está "muito feliz com esta oportunidade". "Toda a minha vida quis aquilo que é merecido. Eu quero aquilo que mereço e estou francamente feliz por ter esta oportunidade".

Mas também a escolha da apresentadora que fará dupla consigo deixou o antigo modelo francamente feliz: "Arrisco já dizer que a Helena Coelho vai ser uma grande revelação. A Helena tem tudo para ser uma enorme apresentadora no futuro. E quem a escolheu não fui eu, foi a diretora [Cristina Ferreira]. É uma escolha da Cristina e a Cristina pode ter muitos defeitos, mas não se engana".

Sem medo da guerra de audiências, Ruben Rua admite que será difícil ganhar à SIC, a principal rival da TVI, devido à grelha forte que a estação tem no mesmo horário, entre as 15h00 e as 16h00, em que aos sábados irá para o ar o programa 'VivaVida'.

"Toda a gente quer ganhar, eu não sou diferente. A TVI quer ganhar, quer voltar a ser líder. O 'VivaVida' é uma peça de um tabuleiro, que se conseguir vencer irá contribuir para essa audiência", começa por referir sobre o tema. "Nós sabemos, conscientemente, que é muito difícil inverter 400 mil espectadores, mas o primeiro passo não é audiência. Eu, Ruben, não estou preocupado em ganhar à SIC, o meu primeiro objetivo é fazer bem feito", assegura.

Quanto ao futuro, Ruben Rua mostra-se confiante de que outros projetos podem estar a caminho e garante que tudo está em aberto: "Não descarto a possibilidade de, a seu tempo, fazer outras coisas dentro do canal. Nada é estático, nem na vida, nem na TVI".

"Vou dar o meu melhor para merecer a confiança da direção e chegar a outras coisas", completa.

Leia Também: Escolha de Helena Coelho como apresentadora da TVI gera controvérsia

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.